Pesquisar este blog

Carregando...

Colaboradores

Seguidores

Passaram por aqui....

quarta-feira, 5 de maio de 2010

GABRIEL

Eu sou Adriana Mendes mãe do Lucas de 8 anos e do Gabriel de 4 anos.

Até ganhar o Gabriel eu nunca havia ouvido falar em mielomeningocele e hidrocefalia.
Foi uma gravidez tranquila e sem surpresa a não ser o fato de eu saber que algo não estava bem, ele não mexia como o Lucas, mas cada gravidez é uma gravidez  e sempre é diferente. 

 
Quando entrei para o 8 mês veio a primeira surpresa :depois de uma eco constatou-se que o bill nasceria com hidrocefalia.

Mas até aí tudo bem , seria uma cirurgia feita para colocar a válvula e ele estaria bem .
 Mas a vida é uma caixa de surpresas; a minha obstetra resolveu  fazer então uma cesárea antes do previsto. Lembro como se fosse hoje, a obstetra chamando a pediatra para ajudá-la: Aí me ajuda aqui rápido.
E eu alí, sem poder ver o que acontecia , minha pressão baixou precisei de oxigenio, foi horrivel.
Eu via aquele movimento todo e não sabia o que acontecia. A médica me perguntou se eu queria saber naquele momento o que tinha meu filho ou se eu queria esperar pra depois que estivesse com o meu marido, mas eu quis saber ali mesmo.

Depois que ela me falou tudo que ele tinha minha cabeça ficou ainda pior , não pude nem ver ele naquele momento, levaram ele correndo pra incubadora.

Fiquei horas sozinha em uma sala de recuperação sem saber o'que acontecia, foram as horas mais longas que eu ja vivi, sem sentir as pernas sob efeito da anestesia pensava em tudo que a médica havia me dito sobre o meu anjinho, eu só queria pegar ele no colo e sentir seu cheirinho.
Quando fui pro quarto veio a noticia de que ele teria que fazer uma cirurgia o mais rápido possivel da mielo.Meu marido não quis esperar nada mais :cidade do interior é triste, pois  pra tudo temos que ir pra outro lugar.
Antes de pegarem a ambulância pra ir pra Porto Alegre ,a 500km de Dom Pedrito onde moramos, levaram meu bebe pra eu ver ele era lindo, a pele limpinha o nariz uma perfeição, mas ficaria longe de mim.Eu não pude ir pois não havia passado bem na cesárea.
O pior foi sair do hospital sem meu filho nos braços como eu havia sonhado. 72 hs depois ele fez a primeira cirurgia pra corrigir a mielo, eu tão longe dele ,
ligava toda hora pro meu marido pra saber dele, foram horas de cirurgia mas foi tudo bem.Ficou na uti por 2 dias e quando finalmente pude ir de encontro a ele estava no quarto me esperando.

 



Era como se eu tivesse dando  a luz de novo, nunca mais vou ficar longe do meu bebe. Foi quando comecei a ver na real todos os problemas que ele teria. O médico nos disse todas aquelas coisas que chocam no primeiro momento mas depois vimos que nem tudo é tão monstruoso.

Fiquei por dias no hospital com ele, depois de 1mês o médico disse que teria que por a válvula, nossa outra cirurgia pensei , mas guerreiro é guerreiro foi tudo bem.
Voltamos pra casa e começou a procura por uma fisioterapeuta, procuramos um  conhecido na cidade .Que decepção .Ele nos disse que iria gastar a toa, criança que não senteo chão não anda.Mas eu só queria que ele nos orientasse e cuidasse da saúde fisica do meu bebe  por que eu ja sabia que ele não andaria.





Ate que com 6 meses conhecemos um anjo chamado Márcia  que aceitou atender o Biel e começou mais uma história de amor e dedicação.
 Com 1 ano ele corrigiu os pés ele usa ortese curta. Hj ele tem 4 anos esta a 1 ano treinando a marcha e a 1 mês é cadeirante

.Esta indo  a escola pela primeira vez , foi muito bem recebido lá, agora com a chegada da cadeira de rodas em nossa vida é que passamos a enfrentar realmente a vida e os olhares.
Mas o'que são olhares pra quem enfrentou cirurgia da mielo, cirurgia de hérnia, cirurgia de correção nos dois pés e cirurgia pra colocar a válvula?
O importante em todos os momentos foi ter a certeza que viver vale a pena e a vida é feita de escolhas, você decide se quer ser um pobre coitado que todos tem pena ou se você quer ser um vitorioso que a cada dia vai a luta ,sem pensar que sua felicidade depende dos outros ou da aceitação destes.
E como o Biel mesmo diz: Eu sou bonito de mãe!!! Auto estima e amor são essenciais e ele tem de sobra. Pras mães que descobriram agora que tem um filho com mielo um conselho: Não desistam jamais de ser feliz e viver a vida cada minuto.

TE AMO GABRIEL!!!
LER TODO O ARTIGO...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios